A lipoabdominoplastia é uma técnica de cirurgia do contorno corporal que fundiu a lipoaspiração com a abdominoplastia clássica de maneira segura, pois preserva e traumatiza muito menos os vasos linfáticos, artérias, nervos e veias do abdômen. Dessa maneira, evitando as indesejáveis complicações já conhecidas da abdominoplastia tradicional: necroses, seromas, hematomas e alterações da cicatriz. Por esse motivo, proporciona uma rápida recuperação e pode ser realizada simultaneamente com a lipoescultura com segurança. Os excelentes resultados no abdômen são obtidos devido ao emagrecimento da gordura, fechamento da musculatura, retirada da flacidez de pele e harmonização de toda a silhueta feminina.

 

Idealizei uma classificação para indicar a melhor técnica cirúrgica para cada caso, avaliando três aspectos principais:

  1. Quantidade de gordura;
  2. Flacidez de Pele;
  3. Alterações Musculares.

Os princípios fundamentais desta técnica são explicados nos vídeos abaixo, que fazem uma comparação entre a Abdominoplastia Tradicional e a Lipoabdominoplastia.

 

Abdominoplastia Tradicional – Nesta técnica utiliza-se o bisturi para descolar a gordura no plano aponeurótico, ou seja, junto à musculatura do abdômen, traumatizando os vasos linfáticos (verde), artérias (vermelho) e veias (azul). Sendo necessária a utilização de uma circulação colateral para manter a viabilidade da pele e gordura abdominal. O organismo tem que reconstituir esse trauma durante o pós-operatório, por isso a necessidade de andar curvada e um período de repouso maior.

 

 

Lipoabdominoplastia – Com a utilização de cânulas de lipoaspiração, pode-se descolar o retalho abdominal e preservar os vasos sangüíneos (artérias, representadas pela cor vermelha; e veias, pela cor azul) e os vasos linfáticos (verde).

 

Com esta preservação, o retalho (pele e gordura) da região abdominal fica com maior suprimento sangüíneo e drenagem linfática, ou seja, maior viabilidade.

Por esse motivo, na Lipoabdominoplastia, o índice de complicações é muito menor, o período de recuperação também é muito mais rápido e há menos dor no pós-operatório. Além disso, o resultado é melhor, pois, com a redução da gordura através da lipoaspiração, o abdômen fica mais modelado.