5 Vantagens da Técnica

Melhor Resultado

Melhor definição do abdômen devido à lipoaspiração, realizada de maneirasegura para modelar e eliminar o excesso de gordura em todo o abdômen,cintura e púbis. Através de cânulas superfinas, é possível desenhar o abdômen, evitando o aspecto de abdômen operado.

Menor índice de complicações

Menor índice de complicações devido à preservação dos vasos linfáticos,artérias e veias (estruturas vitais para a viabilidade da pele do abdômen),pois o descolamento é realizado através de cânulas finas(“Lipoundermining”), diferente do descolamento com bisturi que corta os vasos perfurantes.
(Ver os 2 vídeos da diferença entre a abdominoplastia tradicional e lipoabdominoplastia abaixo)

Menor período pós-operatório

A recuperação mais rápida da lipoabdominoplastia se deve à maneira mais conservadora de se abordar o abdômen, utilizando um método menos traumático,preservando os vasos linfáticos, artérias e veias, não havendo necessidadede regeneração, pois a anatomia vascular não foi modificada. (Ver Item 2)

Possibilidade de associação à LEC

Na abdominoplastia tradicional, os vasos sanguíneos e linfáticos são cortados, necessitando de regeneração tecidual e da circulação lombar,subcostal e intercostal para nutrir a pele do abdômen, por isso, é desaconselhável associar com a lipoaspiração das costas.

 

 

 

Na Lipoabdominoplastia, esta associação é permitida, pois, como os vasos doabdômen são preservados, não se depende da circulação lombar e subcostal.
Daí surgiu o tratamento global do contorno corporal que chamamos de BRAZILIAN BODY CONTOUR, ou seja, a associação da lipoabdominoplastia à lipoescultura e enxerto glúteo (gluteoplastia). Como não há necessidade deregeneração da anatomia vascular, é possível tratar todo o contorno corporal em um único estágio cirúrgico com segurança. (veja também o tópico detalhado sobre o BRAZILIAN BODY CONTOUR)

 

 

 

 

 

 

 

Abdominoplastia tradicional: os vasos sanguíneos (artérias, representadas pela cor vermelha; e veias, pela cor azul) e os vasos linfáticos (verde) são cortados, necessitando de regeneração.

 

 

 

 

 

 

Lipoabdominoplastia: os vasos sanguíneos (artérias, representadas pela corvermelha; e veias, pela cor azul) e os vasos linfáticos (verde) sãopreservados – maior segurança.

 

Evolução e Diferença da Técnica Tradicional (Abdominoplastia) Vídeo

 

Abdominoplastia Tradicional – Nesta técnica utiliza-se o bisturi para descolar a gordura no plano aponeurótico, ou seja, junto à musculatura do abdômen, traumatizando os vasos linfáticos (verde), artérias (vermelho) e veias (azul). Sendo necessária a utilização de uma circulação colateral para manter a viabilidade da pele e gordura abdominal. O organismo tem que reconstituir esse trauma durante o pós-operatório, por isso a necessidade de andar curvada e um período de repouso maior.

Lipoabdominoplastia – Com a utilização de cânulas de lipoaspiração, pode-se descolar o retalho abdominal e preservar os vasos sangüíneos (artérias, representadas pela cor vermelha; e veias, pela cor azul) e os vasos linfáticos (verde).

Com esta preservação, o retalho (pele e gordura) da região abdominal fica com maior suprimento sangüíneo e drenagem linfática, ou seja, maior viabilidade.

 

Por esse motivo, na Lipoabdominoplastia, o índice de complicações é muito menor, o período de recuperação também é muito mais rápido e há menos dor no pós-operatório. Além disso, o resultado é melhor, pois, com a redução da gordura através da lipoaspiração, o abdômen fica mais modelado.

Deixe um comentário